• LinkedIn - White Circle

© Desde 2001 - Cellera Comunicações Ltda

  • Cellera

4 ações de Marketing Jurídico Digital e de Conteúdo



Todas as organizações estão sempre buscando formas de incrementar seus esforços de marketing, com o objetivo de expandir seus negócios. No universo jurídico não é diferente. O chamado marketing digital ou marketing de conteúdo é um dos nichos mais recentes do marketing e que, por ser impactado pelas inovações tecnológicas, apresenta novidades com frequência.

Para as organizações jurídicas ele oferece uma grande oportunidade, na medida em que se configura como um esforço de comunicação não vedado pelo Código de Ética da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Até porque não é uma forma de comunicação diretamente com fins comerciais, como a publicidade. Sua função de levar informação e até educar sobre temas específicos o seu público de interesse acaba por se traduzir na consolidação de uma reputação positiva que produz bons impactos nos negócios.

Para dar uma ideia de como isso é feito, reunimos aqui quatro ações de Marketing Jurídico Digital e de Conteúdo que ajudam a dar foco no investimento nessa área e podem maximizar os retornos esperados:

1. Construir comunidade

Muito resumidamente, o marketing digital permitiu – sendo atualmente quase que imperativo – que todas as organizações se tornassem também organizações de mídia. Se antigamente disseminar conteúdo era função exclusiva de jornais, revistas e programas de rádio e televisão, hoje cabe às próprias fontes tratar as suas informações e produzir conteúdo para distribuir em seus sites e blogs, nas redes sociais e em toda a internet.

Daí que a criação e manutenção de uma comunidade que gire em torno da organização, como eram os leitores ou a audiência, na mídia tradicional, deve estar no centro das atenções da sua estratégia. Afinal, as pessoas que estão em seu mailing, assinam sua newsletter ou se inscrevem em seu canal, enfim todos que você mapeou como seus públicos de interesse (stakeholders), são pessoas com quem se deve ter relacionamento.

2. Incrementar a criação de conteúdo

A criação de conteúdo com mais qualidade e eficiência é dos fatores que mais contribui para aumentar o sucesso do Marketing Jurídico Digital e de Conteúdo. No caso das organizações jurídicas, em função das restrições à publicidade, sempre conteúdo informativo, como o melhor do jornalismo que você puder identificar.

Planejamento é a palavra-chave na criação de conteúdo. Até porque a publicação não surtirá os efeitos esperados se não tiver consistência. Por isso, cada conteúdo e a ação necessária para disseminá-lo devem estar organizados em um calendário editorial. Um aspecto importante é que o planejamento e a consistência vão demandar uma contrapartida em termos de recursos financeiros a serem destinados para este fim.

Criar e publicar conteúdo é um trabalho que nunca terá fim. Por isso, planeje-se e evite desperdiçar recursos com ações de curto prazo que não produzirão os resultados esperados.

3. Definir expectativas realistas

Pergunte se suas metas são realistas com base em fatores como porte da sua organização, objetivos gerais, comprometimento de gerenciamento, natureza de seu público, tamanho do mercado, cenário competitivo e recursos disponíveis.

Realize essa reflexão se você iniciou recentemente um projeto de marketing ou se deseja atualizar um programa existente. Se você está no processo de reformular seu marketing, de iniciar investimentos em marketing digital e na produção de conteúdo, pense no que está mudando e por quê.

4. Assumir compromisso com o Marketing Jurídico Digital e de Conteúdo

Comprometimento é um dos indicadores mais importantes de qualquer estratégia de comunicação. Como falamos, o Marketing Jurídico Digital e de Conteúdo é sobre relacionamento com seus públicos de interesse, com a sua comunidade. Nada do que listamos aqui surtirá efeito se não houver comprometimento com a alimentação desse relacionamento.

O sucesso nesse negócio se baseia no seguinte: se você está operando com uma mentalidade de campanha, com prazo definido, ou "experimentando" o marketing digital e produzindo alguns conteúdos para ver como vai ser, sem se comprometer no longo prazo, é melhor nem começar, pois não obterá resultados consistentes.

É desejável testar tipos de conteúdo e abordagens diversas que possam atrair seus públicos. É possível trocar profissionais e fornecedores até encontrar os que você e sua organização tenham maior identificação e confiança. Saiba que de nossa parte, aqui na Cellera Comunicações, estamos à disposição para conversar quando você quiser. Entre em contato com cellera@cellera.com.br que nós retornamos em até 24h. Somos uma agência de conteúdo desde o ano 2000, focada no atendimento a sociedades de advogados. O nosso negócio é o seu negócio.

#MARKETINGDECONTEÚDOJURÍDICO