20 ANOS.png

ASSESSORIA DE IMPRENSA E RELAÇÕES PÚBLICAS (INBOUND PR)

RECONHECIMENTO DE MARCA 2

Se é mais importante do que nunca viabilizar a publicação de conteúdos de terceiros que chancelem a qualidade das organizações jurídicas, o investimento em Assessoria de Imprensa continua rendendo bons frutos para advogados e advogadas. Talvez não como principal estratégia de comunicação, com as grandes quantidades de recursos financeiros que isso demandava até pouco tempo. Talvez nem tanto em veículos impressos ou que demandem uma assinatura para serem acessados.

 

Recém-criado, o conceito de Inbound PR fornece uma solução adaptada às potencialidades do mundo atual para o antigo trabalho de Assessoria de Imprensa. Baseado no conceito da cauda longa, do antigo editor-chefe da Revista Wired, Chris Andersson, o Inbound PR busca otimizar o retorno dos investimentos (ROI) em Assessoria de Imprensa ao apostar não na busca pelo maior número de publicações, mas sim na publicação de conteúdos que possam continuar sendo úteis e acessados durante muitos anos.

 

Desta forma, o trabalho parte de releases e artigos assinados por porta-vozes da sociedade de advogados – ou seja, conteúdos – que incluam termos-chave de SEO, além do nome de grandes empresas ou investidores que possam interessar ao escritório chamar atenção.

Ao serem publicados em veículos tradicionais como Valor Econômico, Folha de S.Paulo, G1 e outros, inclusive especializados, como Latin Lawyer, Conjur, Jota e, inclusive, os diretórios jurídicos, tais conteúdos tendem a ficar mais bem posicionados nas buscas do Google, além de serem captados pelos clippings das empresas ou dos investidores citados. O compartilhamento de tais resultados nas redes de cada profissional do escritório, além do seu impulsionamento via Social Ads em plataformas como LinkedIn, Instagram, Facebook e outras, dependendo do público-alvo a ser atingido, também contribui para o sucesso dessa estratégia.